O PRESIDENTE DA REPÚBLICA JOSÉ MÁRIO VAZ APRESENTA TRÊS DESAFIOS E SONHOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA GUINÉ-BISSAU.

Espaço publicitário 3

24 de março 2017

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA JOSÉ MÁRIO VAZ APRESENTA TRÊS DESAFIOS E SONHOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA GUINÉ-BISSAU.

 

Estabilidade política e social, Dinheiro de Estado no Cofre de Estado e Mão na Lama, são três desafios e sonhos, revelados ontem sexta-feira feira 23 de março pelo Presidente JOMAV na cidade de Báfata num comício popular, no âmbito da segunda jornada de presidência aberta.

O Chefe de estado sustenta que nenhum País de mundo pode desenvolver sem que haja Paz e estabilidade pelo que é indispensável a mobilização de esforço de todos atores nacionais no sentido de promover o consenso a volta de paz e estabilidade da Guiné-Bissau.

O Presidente da República defende igualmente a necessidade de uma gestão transparente dos erários públicos a fim de permitir a sua melhor distribuição para colmatar a necessidade de toda a população guineense, se o dinheiro de estado for parar nos bolsos de particulares, será impossível mobilizar o investimento público e promover o desenvolvimento do País, disse o Presidente da República, José Mário Vaz; só podemos ter escolas, hospitais, estradas, luz, água e meios de subsistências se o dinheiro de Estado for canalizado para o cofre de Estado.

O terceiro e último desafio e sonho do Presidente da República para o desenvolvimento da Guiné-Bissau é a “Mão Na Lama”, o conceito que designa o trabalho e criação de riqueza, se estes desideratos torem atingidos vou ficar satisfeito enquanto Presidente da República, porque o meu País e o meu Povo vai viver em melhores condições, finalizou o Chefe de Estado, que já está na cidade de Buba Região de Quinará para a terceira etapa da presidência aberta, onde no domingo 26 de março fará o lançamento de pedra para a construção de estrada que liga Buba e Catió, considerados celeiros da economia nacional.

O Presidente da República é acompanhado pelos seus Conselheiros, Diretora do seu Gabinete e membros de Governo liderados pelo Primeiro-ministro Umaro Sissoko Embaló que promete alcatroar e eletrificar a cidade de Bafáta.

Diamantino D. Lopes