O GOVERNO APELA UMA RECEPÇÃO CALOROSA À MACKY SALL PRESIDENTE DO SENEGAL

Espaço publicitário 3

18 de abril 2017

O GOVERNO APELA UMA RECEPÇÃO CALOROSA À MACKY SALL PRESIDENTE DO SENEGAL

O Chefe de Estado Senegalês agenda para o dia 3 de maio uma visita de Estado de três dias a Guiné-Bissau a convite do seu homólogo José Mário Vaz.

Macky Sall é o principal aliado sub-regional do atual regime instalado na Guiné-Bissau já garantiu alguns apoios substanciais ao regime, aquando da realização do CAN 2017 pagou direitos televisivos a TGB televisão da Guiné-Bissau e recentemente emprestou ao Chefe de Estado José Mário Vaz estúdio móvel para a transmissão direta da presidência aberta.

A vinda do estadista senegalês é considerada inoportuna pelo Movimento dos Cidadãos Conscientes e Inconformado com a crise política no País, o grupo acusa MackySall de estar a aproveitar da vulnerabilidade do sistema e da crise política instalada no País para tirar benéficos a favor do País, a propósito os inconformados entregaram na semana passada uma carta de protesto ao Embaixador do Senegal baseado no País, manifestando as suas indignações face a influência do Presidente do Senegal na manutenção de status quo político guineense e o consideram persona non grata.

Sana Canté Presidente após entregar missiva à Bacari Seck ameaça desencadear várias manifestações de rua durante a visita do Presidente do Senegal e responsabiliza o Presidente JOMAV pela persistência da crise política na Guiné-Bissau.

Estas e mais reivindicações contra ações do executivo foi ontem alvo da crítica por parte de Ministro do Estado e do Interior Botche Candé num almoço de confraternização com o núcleo de apoio político de círculo eleitoral 29 concretamente no bairro militar nos arredores de Bissau, Candé mobiliza para o ferido almoço mais de 500 apoiantes provenientes de diferentes grupos culturais, ao usar de palavra no ato criticou opositores do regime em como estão a instar várias ações de sabotagem contra o País, referenciou na ocasião tentativa de perturbação social e política criada a volta da visita de Macky Sall ao País e solicita a sua base de apoio político uma recepção calorosa ao Presidente do Senegal a semelhança do que aconteceu com a visita de Alpha Conde e Ernest Bai Koroma Presidente da Guiné-Conacri e da Serra Leoa respectivamente.

Diamantino D. Lopes/RN