MINDARÁ FC HOMENAGEOU O FUTEBOLISTA GUINEENSE IVANILDO

Espaço publicitário 3

28 de agosto 2017

MINDARÁ FC HOMENAGEOU O FUTEBOLISTA GUINEENSE IVANILDO

 Ivanildo Soares Cassamá (Bissau9 de Janeiro de 1986) é um futebolista da Guiné-Bissau, que joga habitualmente a avançado.

Ivanildo chegou ao FC Porto em 1997, aos nove anos, após ter sido descoberto por um treinador das camadas jovens portista, que viajou até África com o objectivo de descobrir novos talentos.

Percorreu as camadas jovens do clube, jogou na equipa B e foi chamado pela primeira vez ao plantel principal por Víctor Fernández. Na época 2005/2006 foi campeão nacional e ganhou a Taça de Portugal pela mão de Co Adriaanse. No entanto jogou poucas vezes e para jogar com mais assiduidade foi emprestado à União Desportiva de Leiria, na época 2006/2007, e à Académica, na época 2007/2008.

No início da época 2009/2010 rescindiu o contrato que o ligava com o Futebol Clube do Porto e assinou pelo Portimonense Sporting Clube.[1]

Curiosidades sobre Ivanildo

  • Ivanildo estreou-se na Primeira Divisão a 13 de Fevereirode 2005, num jogo entre o FC Porto e o Vitória de Guimarães que terminou empatado a zero golos.
  • Os seus maiores ídolos no futebol são Zinedine ZidaneRonaldinho GaúchoThierry Henry.
  • Para Ivanildo o defesa mais difícil de superar é José Bosingwa.
  • O seu maior sonho enquanto futebolista é chegar à selecção principal Guiné-Bissau, estar num clube de top,* Ivanildo estreou-se na selecção principal Guiné-Bissau a 11 de Outubro de 2010
  • Fora das quatro linhas revela ser uma pessoa muito extrovertida, divertida e amigo do seu amigo. Além disso é muito caseiro passando muita tempo a jogar na Playstation 2

o craque está em Bissau a resolver um assunto familiar e manifesta-se convicto e confiante para voltar aos relvados lusos em máxima força, após uma época sem jogar devido lesões musculares.

A cerimónia de homenagem teve lugar na passada quarta-feira 23 de agosto no Estádio Lino Correia o palco dos jogos de Campeonato Defeso Inter-Bairro Organizado pela Associação Guineense dos Treinadores, o ato ocorreu no intervalo de jogo com Santa Luzia que terminou empatado a uma bola.

Diamantino D. Lopes RN