FERNANDO CORREIA LANDIM EXIGE ADIAMENTO DO Vº CONGRESSO DO PRS

Espaço publicitário 3

FERNANDO CORREIA LANDIM EXIGE ADIAMENTO DO Vº CONGRESSO DO PRS

 

 

O Candidato ao cargo do Presidente do Partido da Renovação Social Fernando Correia Landim Ex-ministro das Pescas proferiu denúncias sobre as irregularidades observadas ao longo do processo de seleção dos delegados ao Vº Congresso do Partido da Renovação Social, um dos vícios prende-se com o facto de os Candidatos serem impedidos de terem a quota de delegados por inerência. Além demais acusa a direção cessante do PRS liderada por Alberto Nanbeia Presidente e Florentino Mendes Pereira de desmando, promoção de incompetência e violação de estatuto do Partido.

Correia Landim fez saber que participou na criação do PRS e jamais admitirá que o grupinho continuar a dominar e a viver a custa daquela formação política.

Landim disse que concorre a liderança do PRS devido a existência de um fosso na liderança, que naturalmente só pode ser colmada por dirigentes sérios, honestos e competentes.

O Candidato a Presidente do PRS disse que foi observado muitos erros e injustiça cometidos pela direção cessante do partido contra os militantes que trabalham arduamente pelo bem do partido, privilegiando o nepotismo e clientelismo.

Landim regozijou que deixou bons sinais nas instituições por onde se passou como dirigente, exemplificou ministério do interior, comércio e pescas, com efeito afirma que tem competência políticas e humanas para assumir o PRS e consequente a Guiné-Bissau, porque segundo ele, o PRS foi criado para desenvolver a Guiné-Bissau e garantir o bem-estar dos guineenses, uma missão totalmente falhada pela direção cessante do partido.

Sem esclarecer o que vai fazer caso o processo não foi anulado, Fernando Correia Landim proferiu algumas ameaças em como alguém verá e viverá as consequências das incoerências cometidas pela comissão organizadora do Vº Congresso em conluio com a direção cessão do PRS.

Os renovadores agendam para os dias 26 a 29 de setembro o Vº congresso, concorrendo para presidente 9 candidatos entre os quais o Presidente cessante Alberto Nambeia e Artur Sanhá ex-secretário-geral do partido que também chegou a exercer funções do primeiro-ministro e ministro do interior.

Diamantino D. Lopes RN