Adolescente de 13 anos queimada por sua patroa precisa de junta medica para sobreviver

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 1

Adolescente de 13 anos queimada por sua patroa precisa de junta medica para sobreviver

Polícia Judiciaria deteve no dia 23 de Dezembro uma mulher por deitar óleo quente sobre a sua empregada domestica, de 13 anos de idades.

Sobre a violação dos direitos da empregada domestica, Sene Bacaí Cassamá, presidente da associação das empregadas domesticas Guineenses (ANAPROMED), lamentou hoje a situação das empregadas nos locais dos seus serviços. Segundo ele, todas as empregadas merecem respeitos porque são profissionais como qualquer um, disse. Nas suas declarações a rádio nossa, contou que adolescente de 13 anos idades que sofreu abuso da patroa quando foi deitar ela derramou óleo quente no corpo “na parte íntima” da adolescente que neste momento esta hospitalizada no Hospital Nacional Simão Mendes e precisando de tratamento urgente no estrangeiro, informou ainda que, está a fazer diligência junto a gabinete da primeira-dama para conseguir a junta medica para adolescia de 13 anos, contou Sene Bacaí Cassamá presidente das empregadas domésticas.

Sene aconselhou as empregadas para denunciaram seus patrões, segundo ele, caso desse adolescente de 13 anos foi ao publico graça a denuncia de um vizinho junto a PJ, e a instancia da investigação criminal fez o seu trabalho conforme a denuncia consegui deter a patroa que deitou óleo quente porque a empregada deixou cair o seu filho de sete (7) anos, de que devia cuidar muito bem.

De recordar que adolescente empregada foi queimada no dia 21 de Dezembro, mas a PJ soube só no dia 23 do mesmo mês. E o caso já esta sob alçada do Ministério Público

Rádio Nossa, 02.01.19

Noémia Gomes da Silva

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 2