3 de Dezembro Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 1

3 de Dezembro Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

O ato foi presidida pela Alima Ferais Diretora-geral de Ministério da Família e Coesão Social, disse que, esta data que foi constituída pela Nações Unidas e fruto da convecção relativa aos direitos das pessoas com deficiência. A Guiné-Bissau, enquanto o País membro da organização das Nações Unidas não obstante o facto de ainda não ratificar a convenção e protocolo facultativo permanece firme na defesa das pessoas com deficiência, assegurou.

Filomena de Barros Saíd Sá, Presidente da Federação das Associações de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos, disse que, hoje é um dia de muito simbolismo e de sonhos de esperança para as pessoas com deficiência (PcD), a camada mais vulnerável dentre os vulneráveis. A data é celebrada em todo o mundo com o objetivo de sensibilizar, mobilizar, promover e comprometer toda a humanidade para uma maior compreensão, conscientização e concretização dos direitos humanos, reafirmados na convenção sobre os direitos das Pessoas com Deficiência, um instrumento muito importante no nosso país deve ser assegurada.

Este ano, tal como em todos os anos anteriores, foi adaptado um tema que é:”capacitar emponderar as pessoas com deficiência e garantir a inclusão participação e a igualdade”.

Este tema merece toda a nossa atenção, pois, coloca-nos, a nós, pessoas com deficiência, perante a realidade de que não devemos aceitar ser nem pedintes, nem viver de doações, mas sim lutar para usufruir das mesmas oportunidades e estar preparados para a concorrência, disse.

Assegurou por outro lado que, emponderar ou capacitar uma pessoa com deficiência é permitir, entre outros, que essa pessoa seja capaz de tomar suas próprias decisões, participar nas tomadas de decisões. Garantir uma inclusão participação e igualdade é fazer com que a pessoa com deficiência faça parte da sociedade, da comunidade, tenha as mesmas oportunidades, os mesmos direitos e as mesmas responsabilidades como qualquer outra pessoa, é garantir a criação de oportunidades para todos, quer sejam pessoas com deficiência ou não.

Mas como será isso possível? Só será possível quando o Estado deixar de encarar a questão da deficiência com passividade, quando o Estado decidir, finalmente dar resposta as necessidades das pessoas com deficiência, questionou a presidente das pessoas com deficiência .

O dia internacional das pessoas com deficiência (3 de dezembro) é uma data comemorativa internacional promovida pelas Nações Unidas desde 1992, com o objetivo de promover uma maior compreensão dos assuntos concernentes à deficiência e para mobilizar a defesa da dignidade, dos direitos e o bem-estar das pessoas.

Rádio Nossa 03.12.18

Por: Noémia Gomes da Silva

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 2