GOVERNO E OS PARCEIRO LANÇAM SEXTO INQUERITO AOS INDICADORES MÚLTIPLOS- MICS-6

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 1

GOVERNO E OS PARCEIRO LANÇAM SEXTO INQUERITO AOS INDICADORES MÚLTIPLOS- MICS-6

O governo, através do Ministério da Economia e Finanças e Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) lançaram esta segunda-feira em Bissau, o sexto Inquérito aos Indicadores Múltiplos (MICS-6), cujo tema é “Monitorando a situação de mulheres e crianças”.

 

A cerimónia do lançamento do MICS-6, foi presidida pelo Secretário do Estado do Plano e Integração Regional, nas suas alocuções, disse que o facto de o país estar inscrito no programa de cooperação, testemunha a firme determinação de ambas as partes sobretudo do governo, de trabalhar cada vez mais, com vista a melhorar a situação de sobrevivência das crianças e mulheres.

 

“A partir de 1996 esse programa passou a inscrever-se periodicamente no programa de cooperação entre o governo e UNICEF, como importante fonte de dados estatísticos oficiais que serviram não só para análise e tomada de decisão política sobre a situação das mulheres e crianças, como também para a planificação, desenvolvimento nacional, seguimento, avaliação dos problemas e planos de desenvolvimento e os seus impactos” ,disse Humiliano  Alves Cardoso.

O governante agradeceu a equipa do MICS-6 e parceiros do desenvolvimento pelos apoios dados, afirmando que sem os quais seria impossível a realização desse inquérito.

A Representante do Fundo das Unidas para Infância (UNICEF), Ainhoa Jaureguibeitia, afirmou que trabalhar nesse sentido significa usar a riqueza de dados gerados através do MICS para identificar os grupos e subgrupos mais vulneráveis da população e, para assim focalizar intervenções que promovam a equidade, com base em evidências sólidas, e acompanhar o progresso feito na redução e eliminação das disparidades.

Segundo ele, o momento atual, caracterizado por um contexto de grandes desafios, apresenta um conjunto de dificuldades acentuadas pela crise financeira, de doadores, falta de parceiros, mas também por isso representam uma janela de oportunidade para fazer um balanço do passado e projetar o futuro, recuperando os sonhos que motivaram a independência da Guiné-Bissau.

Ainhoa realçou que o MICS é um bem público global que, para além dos governos, serve as necessidades, em dados estatísticos fiáveis e atualizados da grande maioria de parceiros de desenvolvimento, incluindo agências das Nações Unidas e outros doadores.

Lembrou que, desde os anos noventa, o MICS permitiu à muitos países produzir dados fiáveis e estatisticamente comparáveis a nível internacional, a partir de uma gama de indicadores nas áreas de saúde, educação, proteção da criança, água, higiene, nutrição, acesso à média, VIH/SIDA, entre outros.

Durante os inquéritos serão incluídos 7.500 agregados familiares, 375 distritos, 10.800 mulheres,7.200 crianças de 5 à17 anos e 2.200 homens de 15 à 49 anos. A campanha terá a duração de 4 meses e conta com o apoio do UNICEF, EU, UNFPA, PAM, PNUD, entre outros

Rádio Nossa,26 11 18

Noémia Gomes da Silva

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 2