VIOLÊNCIA SEXUAL

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 1

 

 

Quatro policiais violaram uma menina de 19 anos dentro de prisão desde dia 9 de novembro do ano 2017

Mamadu Candé, mãe da vítima, realizou hoje uma conferência de imprensa para tornar opinião público e internacional violação sexual que a sua filha foi vítima por agentes que juraram garantir segurança e paz dentro de território nacional. Candé contou que, a sua filha que foi vítima de abuso sexual por quatro policiais, mas “o djéfi “ abusou sexualmente quatro (4) vezes, onde ela meteu uma queixa contra os policiais envolvido,  e o caso foi resolvido internamente sem que  o Ministério Público fica a par da situação. A mãe explicou ainda que Mutaru Djaló atual ministro do Interior tentou subordinar três vezes, a  primeira vez foi com 300 mil segundas vezes com 500mil e ultima vez com 1.000.000 milhão de fcfa, porque seu filho está envolvido no abuso sexual. Salientou ainda que, ó atual ministro do Interior  disse para ela que vai mandar a menina para europa  devido a má imagem, “recusei-me porque só quero a justiça”, repito só quero que a justiça seja feita. Para ela, nem sei qual é estado de saúde da minha, devido abuso sexual com quatro policiais sem a proteção. E eles dizem que “eu” não tenho dinheiro para pagar advogado, isso é verdade, mas tenho a fé em Deus e na justiça, e até então os policiais estão livres na praça de Bissau a fazer seus trabalhos como eles prometem dantes, e isso está acontecer, porque eles estão livres.  Salientou ainda que, se fosse um civil a justiça já tinha feito há muito tempo, questionou ainda, porque que os fardados não podem cumprir pena dos seus atos. “E tudo que eu quero como mãe que está a sofrer é justiça, e  a minha filha esta traumatizada e desconfiada de todos, mesmo sendo dois   pessoas a falar pensa logo que eles estão a falar de abuso sexual que ela foi vitima . Peço aos homens de lei que faça a justiça, porque aqueles policiais pegaram nas suas armar e mandaram ela tirar roupa se não vão ver como funciona na pressão, tudo isso aconteceu no dia 09 de novembro de 2017

Noémia Gomes da Silva

Rádio Nossa 28-06-18

liderança advocacia para o género

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 2