POLÍCIA JUDICIARIA (PJ) IMPLACÁVEL NO COMBATE A DROGA NA GUINÉ-BISSAU

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 1

POLÍCIA JUDICIARIA (PJ) IMPLACÁVEL NO COMBATE A DROGA NA GUINÉ-BISSAU

 

A PJ incinerou esta quinta-feira na povoação de Ilondé Norte do País, 12.599 kl de cocaína avaliado em 250 mil euros.

Na ocasião Juscelino De-Gaulle Cunha Pereira Diretor Nacional de PJ, salientou que, essa incineração é resultado de apreensão de 2017/2018, essencialmente por mulas proveniente de Brasil. Assegurou ainda que, se comparar com estatística anterior o número diminui bastante isso mostra que nosso sistema de controlo está sendo eficácia.”

Em termos operativos não temos à-vontade material, no entanto temos a consciência disso”, hoje a situação melhorou bastante mas isso não deve ser motivo para reduzir o controlo, e devemos esforçar mais e pôr meio para o combate a droga principalmente na via marítima. O responsável máximo da polícia judiciária, disse que, “o nosso menino de olhos azuis que é bubaque, como sabem temos sido muitos problemas nas ilhas e a polícia judiciária não tem nenhuma piroga para fazer seus trabalhos nas ilhas”, lamentou. E já tínhamos feitos apelo aos parceiros do país no sentido de ajudarem nos meios de transportes adequados para combate nas ilhas porque temos pessoais preparados para tal. Enquanto operação de Aeroporto Osvaldo Vieira, podem servir de simples operação de traficantes para distrair atenção de agentes de PJ, mas agora contamos com apoio de outra força principalmente nas fronteiras terrestre a fim de combater este flagelo, afirmou Juscelino De-Gaulle Cunha Pereira.

Diretor Nacional da Policia Judiciaria sustentou que, em primeiro lugar não possuímos uma cela de transição, quando detemos uma pessoa em flagrante delito não temos cela para tal, em segundo lugar estamos a falar de construção de inspeções pensando no combate a droga, a inspeção de Catio no Sul de País foi pensando para combater a droga supostamente por causa das pistas de kufar e questiona… Como vai construir uma inspeção sem laboratório condicionando a realização de testes em Bissau, e o nosso laboratório de Bissau só tem duas valências que é de cocaína e liamba? Finalizou!

Por :Noémia Gomes da Silva

Radio Nossa.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO 2